05 regras de mídias sociais impossíveis de ignorar4 min read

As mídias sociais  podem nivelar o campo de jogo entre os líderes do setor e os iniciantes, entre os executivos de corporações multinacionais e proprietários de pequenas empresas, fazendo com que as oportunidades sejam iguais para todos os participantes. No entanto, as aparências podem enganar.

Então, o que faz a diferença entre um seguimento de 500 e um seguimento de 500.000? Enquanto as celebridades da lista A podem ter uma vantagem sobre a maioria das outras pessoas, outras queridelas nas mídias sociais aumentaram sua base de fãs de forma mais orgânica, e você pode aprender com suas estratégias.

O que se segue são cinco chaves escolhidas a partir de queridinhos do atual cenário de mídia social para aumentar sua influência de uma maneira que possa fazer a diferença em suas estratégias de negócios.

1. Produza conteúdo de qualidade.

Parece massante bater tanto na mesma tecla, mas infelizmente, se você quiser deixar sua marca nas mídias sociais, antes de tudo você deve fornecer conteúdo de qualidade.

Um homem que consegue equilibrar todos os elementos é o empreendedor, investidor e autor Guy Kawasaki. “Ele tem uma maneira de criar uma boa mistura de conteúdo de outras pessoas, assim como seus próprios pensamentos e opiniões.” Não apenas isso, mas de acordo com sua biografia no Twitter , Kawasaki repete cada tweet quatro vezes para alcançar todos os fusos horários. (Inteligente, hein?)

Quantidade não é o mesmo que qualidade, é claro, mas o que é notável sobre a Kawasaki, é sua capacidade magistral de curar esse volume. Eu poderia folhear seus tweets e provavelmente encontrar algumas coisas todos os dias que eu poderia compartilhar aos meus seguidores.

Leia Também:  Instagram – O segredo que ninguém revela

2. Seja aberto e envolvente.

Nas mídias sociais, é importante estar disponível para o seu público. Eles precisam pensar isso de você: “Olha! Ele trata todo mundo como igual e responde em uma velocidade incrível”. Aí o topo estará mais perto.

Qual é a vantagem de todo esse compromisso? Logo que chegar ao sucesso sendo leal e dedicado ao seguimento por você escolhido, perceberá o quanto conquistou visibilidade inestimável para o seu negócio. As pessoas adoram. No topo, sua audiência vai se sentir assim se receberem uma resposta sua, mesmo que seja uma carinha sorridente. Eles ficarão tipo, “Oh meu Deus, xyz twittou de volta para mim!”.

3. Concentre-se em um nicho específico.

Na mídia social, você pode ser um generalista – produzindo e organizando uma mistura de conteúdo em várias disciplinas diferentes – ou pode optar por se especializar em uma ou algumas áreas. Especialistas tendem a dobrar mais ouvidos do que generalistas. A mídia social é extremamente competitiva. Você precisa ser capaz de se destacar. A melhor maneira de fazer isso é dominar um assunto específico.

Jessica Northey, fundadora da Finger Candy Media, uma empresa de marketing de mídia social sediada em Tucson, Arizona, “é dona da música country”. A Northey hospeda um bate-papo semanal ao vivo no Twitter e um no Google+ para os fãs de música country. A Forbes classificou a Northey na 3ª posição na lista dos 50 principais influenciadores de mídia social. Ela tem mais de meio milhão de seguidores no Twitter e mais de 700.000 no Google+.

4. Use as mídias sociais para construir seu negócio e vice-versa.

Para um empreendedor, o tempo gasto em mídias sociais pode parecer uma distração das tarefas mais importantes centrais para administrar um negócio. Porque é tão demorado que você pode até pensar em desistir.

Não faça isso! Siga em frente.

Leia Também: 13 dicas avançadas para instagram

5. Abraçar a cultura única de cada rede social.

Cada rede social tem uma “cultura única”. Os melhores usuários adotam isso em vez de compartilhar conteúdo idêntico entre as plataformas.

No Twitter, o principal objetivo é retweetar pessoas, agradecer as pessoas, interagir com elas e usar as hashtags, uma maneira popular de marcar seus tweets para um propósito específico.

No Facebook, por outro lado, publicar com menos frequência. “Você não quer bombardear pessoas no Facebook”. Encontre formas mais elaboradas de envolver sua comunidade em suas atividades.

Alguns usuários avançados mantêm uma presença em várias redes, mas para a maioria das pessoas dois são suficientes. Realmente você precisa ter o Instagram e uma outra [plataforma] em que você esteja ativo.

Gabriel
Gabriel

No Comments

Write a Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sobre o Autor

Olá! Sou Gabriel Nunes, graduado em Psicologia, Empreendedor Digital apaixonado por ajudar pessoas. Esse é o objetivo. Tornar sua qualidade de vida, TOP! Saiba Mais…

You

Categorias