Empreender ou trabalhar, que caminho seguir? [IMPACTANTE]6 min read

Empreender ou trabalhar, que caminho seguir? 

Olá, tudo bem?

Nesse artigo vou te revelar algo que muito provavelmente vai te surpreender. Mas mais do que isso, diversas pessoas já se libertaram destas dúvidas internas. Bem como de discussões interiores com que eu vou te falar.

É algo que com certeza você não espera ler. Mas garanto que vai entender e concordar ao final.

Diversas pessoas já alcançaram a felicidade com esse conceito simples. Sobre trabalhar ou empreender.

Aqui eu não vou explorar o conceito histórico do trabalho. Que vem do latim e significa uma expressão de um objeto para torturar escravo. Então trabalho no latim é a mesma expressão que originou trabalho, tripalium. Era um objeto de três pés que era pra prender boi e o cavalo para botar uma ferramenta nele. Além de também serem objetos de tortura dos escravos.

Não é esse o objetivo do artigo. Porque eu quero te ajudar a decidir entre trabalhar e empreender. E talvez você vá se surpreender com a resposta que eu vou te dar aqui agora.

Trabalhar ou Empreender: Eis a questão…

Vamos conversar aqui o seguinte. A gente cresce. A gente ouve, principalmente nessa época de internet. Começa a parecer que existe um duelo. Ah! ele vai trabalhar a vida toda. Coitado dele, trabalha vai virar um trabalhador a vida toda. E esse aqui? Esse aqui é um empreendedor é um cara que veste a capa de herói e vai empreender. E vai ser o herói do empreendimento.

Eu não vejo assim. Eu quero te dizer que existe uma outra forma de ver exatamente isso. Entre o trabalhador que vai passar a vida trabalhando, coitado com objetos da tortura do escravo a ser torturada. É trabalho!

E tem o empreendedor que é feliz. Que ganha dinheiro e é milionário. Tem uma BMW. Que mora numa cobertura triplex de frente para o mar. Que é feliz para o resto da vida dele.

Não é bem assim! Na verdade existe uma outra forma da gente vê isso. É muito comum ver pessoas sofrerem pelos seus trabalhos. Mas também é muito comum ver as pessoas sofrendo pelos seus empreendimentos.

Por exemplo: João abriu uma uma padaria. E por causa disso ele virou empreendedor? Na minha opinião não necessariamente.

O que é empreender?

“Empreender é você remunerar a sua paixão”. (Geronimo Theml)

 

Isso é empreender! Como que você remunerar a sua paixão? Eu sei que você tem uma paixão! Peguemos então uma pessoa que tenha por paixão o futebol. Um exemplo O João, é.. Esse João acima. João é apaixonado por artes marciais. Ele respira artes marciais. E o que ele faz?

Continuação

Monta uma padaria e acorda às 4 horas da manhã para fazer pão. Ele também não gosta de lidar com gente. Não gosta de gerenciar a equipe. Nem das pessoas. Mas ele montou uma padaria. Vai se aventurar no empreendedorismo.

João montou aquela padaria, mas ele está sendo feliz fazendo isso? É feliz porque ele montou uma padaria e agora é empreendedor? Sem a menor dúvida que não. Não porque ele não monetizou a sua paixão.

Por outro lado várias pessoas continuam trabalhando. Tendo salários, CLT, carteira assinada, benefícios. Mas elas fazem que elas amam. E são felizes fazendo isso. Então elas viraram pessoas empreendedoras. A paixão dela está monetizada. E funcionários que são empreendedores, eles crescem.

Assim como empreendedor que faz o que ama. A chave não é: Monto um negócio ou continuo empregado com alguém. Nem uma coisa, nem outra resposta não tá aí. A chave não é essa. A chave é, hoje: Você remunera a sua paixão?

Pouco importa se você remunera sua paixão trabalhando para alguém. Ou se remunera sendo empreendedor e tendo seu próprio negócio. O fato é: Se  você trabalha e não remunera sua paixão. Então provavelmente está infeliz com o que você faz.

E se você empreende. Tem um negócio e não remunera à sua paixão, provavelmente está infeliz no que você faz. Quantas pessoas vivem hoje infelizes porque não fazem o que amam? Porque elas não pensam em algo para remunerar sua paixão? Milhares!

Conclusão

Vou te falar uma coisa. Não existe o melhor e o pior. Existe sim você está ou não remunerando sua paixão. Eu sei que muitas empresas tem pessoas/funcionários que remuneram sua paixão. E empreendendo o que vai acontecer com elas é que elas vão crescer. Vão ganhar salários melhores. Elas vão ser mais importantes. Vão ser mais felizes!

Assim como empreendedores. Que têm o próprio negócio e fazem o que amam. O que vai acontecer com eles? Crescer. Prosperar. Porque trabalham com amor. Com satisfação. Sabem o que estão fazendo. Onde querem chegar.

Funcionário ou empresário que não remuneraram sua paixão. No futuro vão olhar e perceber que a vida deles passou. Eles jogaram aquilo fora. Agora, respondendo à pergunta: Empreender ou trabalhar?

Não importa! O importante é saber o que você ama e encontrar algo que remunere. Simples assim! É isso que vai fazer a diferença quando você chegar lá na frente e olhar para trás.

Continuação

A vida e voa que a vida voa. E o que fica, quando você olhar para trás lá na frente. É o orgulho da gente ter tido a coragem de construir as histórias que vamos ter orgulho de contar. Então, se você vai trabalhar ou você vai empreender não importa. Se você vai trabalhar formalmente ou vai empreender.

Agora eu quero sim, que você remunere a sua paixão. Que você busque a sua paixão. Seja um negócio próprio, seja trabalhando.

Agora a minha pergunta é: Você está remunerando a sua paixão? Você ama o que você faz? Você curte o que você faz ou é um martírio para a tua vida? Se é um martírio, não pense se é empreender ou trabalhar. Pense em como eu posso sair desse martírio. E fazer realmente o que eu vou ter orgulho de ter construído lá na frente.

Esse é o ponto. Então se liberte disso. Ah! vai morrer trabalhando.  Se você morrer trabalhando fazendo o que ama, você vai morrer feliz. Se morrer empreendedor, empresário tendo um negócio que você ama. Vai morrer feliz.

Se você tem um negócio ou é funcionário e não está feliz, se liberte! Se permanecer, vai morrer infeliz do mesmo jeito. Remunere sua paixão. Mas com cuidado. Não largue tudo de repente se ainda não pensou nos passos seguintes. Fazer acontecer é importante. Fazer acontecer e dar certo é mais importante ainda.

Eu decidi monetizar minha paixão. Ajudar pessoas e computadores/internet. Optei em me tornar um empreendedor digital. Trabalho por 12, 14, 16 horas, feliz. É isso que eu desejo pra você.

Se tiver interesse em fazer o que eu faço, conheça o Clube Dominante. O lugar ideal pra começar do jeito certo.

Se esse artigo fez sentido pra você. Deixa um comentário aqui falando a respeito, certo?

Grande Abraço, você vai longe!

empreender ou trabalhar; Trabalhar ou empreender; empreender ou trabalhar; Trabalhar ou empreender; empreender ou trabalhar; Trabalhar ou empreender; empreender ou trabalhar; Trabalhar ou empreender; empreender ou trabalhar; Trabalhar ou empreender; 

Gabriel
Gabriel

No Comments

Write a Reply or Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Sobre o Autor

Olá! Sou Gabriel Nunes, graduado em Psicologia, Empreendedor Digital apaixonado por ajudar pessoas. Esse é o objetivo. Tornar sua qualidade de vida, TOP! Saiba Mais…

You

Categorias